Notícias da URI Erechim

Nutricionista abre programação da SIPAT

27/09/2021 - 270 exibições

   



Comer bem para viver melhor. Esta foi a temática da palestra de abertura da SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) da URI, realizada nesta segunda-feira, 27, de forma presencial, no Anfiteatro do Câmpus. A iniciativa é da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) que prevê mais duas conferências na quarta e sexta-feira.

O encontro contou com a presença da nutricionista Jaine Mazon, diplomada pela URI e que hoje atua na área de nutrição esportiva, emagrecimento e metabolismo. “Viver mais e melhor depende de cada pessoa e de seus hábitos alimentares”, frisou a palestrante. Alertou que alguns índices mundiais e também brasileiros estão preocupando. “A obesidade já atinge 55% da população, inclusive crianças que chegam ao sobrepeso cada vez mais cedo. Além disso, o índice de diabetes subiu 80% nos últimos 20 anos. Esses fatores estão ligados diretamente aos nossos costumes, ou seja, estamos comendo mal”, salientou.

Para contribuir com essa realidade, apontou a convidada, as pesquisas dizem que o consumo de sal per capita quase dobrou nesse período, ou seja, passou de 5g para 9g por dia e mais, ainda, entre os gaúchos. Enquanto isso, cada indivíduo consome, em média, 9kg de açúcar por ano e até 26 kg de carne. “Esses fatores, aliados ao sedentarismo, têm contribuído para o aumento dos casos das doenças, inclusive Alzheimer e cirrose hepática”, frisou a nutricionista.

Disse, ainda, que o brasileiro, de uma forma geral, está comendo mal. “A prova maior é que o consumo de feijão diminuiu 52% e a do arroz 37%. Consumimos, ainda, poucas frutas e hortigranjeiros e tomamos pouca água. O fato é que comemos por qualquer motivo e não o que precisamos. O importante é que a solução dessa realidade depende do esforço de cada indivíduo”, concluiu.

Ver mais notícias